Skip to content

Internacional 2×2 Santos: Gols,Melhores Momentos E Detalhes Do Jogo

outubro 22, 2018

Mesmo jogando no Beira-Rio, o Santos tentava manter a posse de bola e segura-lá no campo ofensivo. Aos 4′, Dodô finalizou para o gol da meia-lua em sobra de escanteio, mas a bola bateu na defesa. O Internacional chegou bem aos 8′, em cobrança de falta de D’Alessandro pelo lado esquerdo em que a bola passou por todo mundo na área, com perigo.

Com 15′ de jogo, as equipes equilibraram as ações e o duelo ficou muito disputado no meio-campo, com muita marcação. Até os 23′, mais nenhuma finalização ao gol. No minuto seguinte, o Santos puxou rápido contra-ataque com Carlos Sánchez, que acionou Gabigol na direita para ele limpar a marcação e finalizar colocado da entrada da área buscando o ângulo direito de Lomba, que se esticou todo e fez linda defesa, com a bola ainda tocando no travessão. O Peixe voltava a ser superior na partida.

Eram 40′ e a marcação forte voltou a imperar. A posse de bola era de 40% para o Internacional e de 60% para o Santos. Vanderlei executou sua primeira defesa difícil aos 41′, em cabeçada de Edenílson após cruzamento do lateral-esquerdo Iago.

Dois minutos depois, em bela jogada colorada, Patrick tocou para Edenílson dentro da área e o volante tocou por cavadinha na saída de Vanderlei. A bola ia entrando, mas o zagueiro Luiz Felipe tirou-a em cima da linha. Na sobra, Leandro Damião só empurrou de cabeça para as redes. Lei do ex, 1 a 0. Foi o seu quinto gol nos últimos quatro jogos.

Aos 48′, Nico López cruzou da esquerda, Leandro Damião tocou de cabeça e Rodrigo Moledo por pouco não aproveita dentro da pequena área. Fim da primeira etapa.

Logo aos 5′ do segundo tempo, o Santos conseguiu empatar. Gabigol recebeu passe de Carlos Sánchez pelo lado direito da área, ajeitou o corpo e bateu colocado, tirando de Lomba. Golaço. São 11 gols em 16 jogos dele com o treinador Cuca. Na temporada são 24, 15 deles no Campeonato Brasileiro, artilheiro da competição.

O Internacional respondeu rápido. Aos 8′, D’Alessandro, pela direita, achou Leandro Damião no centro da área e ele finalizou para excelente defesa de Vanderlei. No minuto seguinte, o zagueiro Cuesta dividiu com o meia Carlos Sánchez, a bola sobrou para Leandro Damião, que mandou por cavadinha na saída do goleiro santista e marcou. O juiz Ricardo Marques Ribeiro marcou impedimento, mas foi conferir com o restante da arbitragem. O jogo ficou parado por seis minutos (!!). A dúvida era: se o toque para o atacante foi feito pelo argentino do Colorado ou pelo uruguaio do Peixe. A decisão de posição irregular foi mantida e o jogo seguiu.

Aos 23′, Gabigol recebeu passe de Rodrygo pelo lado direita e arriscou chute colocado de fora da área. A bola foi por cima. Aos 25′, o Internacional ficou novamente à frente do marcador. Em contra-ataque perfeito, Edenílson tocou para Nico López, que carregou e deixou Patrick livre na área para ele finalizar de primeira e marcar. 2 a 1. O volante, que tem oito gols na temporada, não balançava as redes desde o dia 22 de agosto.

As equipes faziam um grande jogo no Beira-Rio. Aos 33′, o Peixe igualou o placar novamente. Gabigol finalizou, Marcelo Lomba fez boa defesa e ela sobrou na área. O goleiro colorado ia agarrar a bola, mas foi atrapalhado pelo lateral-direito Fabiano, que todo enrolado com Victor Cuesta, mandou contra o próprio gol.

Aos 44′, Rossi cruzou da direita, Wellington Silva escorou para o meio da área e Rodrigo Moledo mandou de cabeça para boa defesa de Vanderlei. Essa foi a última chance de perigo da partida. Final, 2 a 2.

Com o empate, o Internacional agora é o terceiro com 57 pontos, cinco a menos que o líder Palmeiras. O Santos é o sétimo com 43 e está a três do Atlético-MG, último time do G-6.

? Ficha técnica

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 22 de outubro de 2018, segunda-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Público pagantes: 39.136
Público total: 43.159
Renda: R$ 1.082.715,00

⚽ Gols: Leandro Damião (43′), Gabigol (50′), Patrick (70′) e Fabiano (gol contra aos 78′)
Cartões amarelo: Nico López (Internacional); Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Bruno Henrique (Santos)

Internacional: Marcelo Lomba; Fabiano (Jonathan Álvez 90′), Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago (Wellington Silva 83′); Rodrigo Dourado; Nico López, Edenílson, D’Alessandro e Patrick; Leandro Damião (Rossi 80′). Técnico: Odair Hellmann

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Dodô; Alison (Bryan Ruiz 78′), Diego Pituca e Carlos Sànchez; Rodrygo (Derlis González 77′), Bruno Henrique (Renato 87′) e Gabigol. Técnico: Cuca

Assista abaixo aos melhores momentos da partida:

https://www.youtube.com/watch?v=IIiPjpQ342o