Skip to content

Venda de joias do clube rende aproximadamente 100 milhões de euros ao Flamengo

novembro 11, 2018

O Flamengo se aproxima de terminar mais um ano sem conquistar um título de expressão. Durante a temporada, o Rubro-negro perdeu alguns “pratas da casa”, que renderam uma fortuna ao clube.

O último a ser negociado foi o meia Lucas Paquetá, que vai para o Milan. A transação pode render aos cofres do clube uma quantia superior a 35 milhões de euros.

O Flamengo vai receber valores por Paquetá até 2021. O rubro-negro já recebeu 5 milhões de euros. O restante será pago em dois anos (25 milhões de euros em 2019 + 5 milhões em 2020). O clube ainda pode receber um bônus e ganhar até 10 milhões de euros extras se o meia cumprir metas de sucesso no Milan.

Em relação ao bônus, será levado em conta metas individuais e coletivas estipuladas para os cinco anos de contrato com o Milan. Títulos, classificação para Champions League, desempenho em competições europeias, jogos como titular, minutos em campo, gols e prêmios individuais gerarão o pagamento de valores a medida que forem alcançadas.

Contando os últimos dois anos, o Flamengo arrecadará quase 100 milhões de euros com as vendas de quatro jogadores formados no clube: o lateral Jorge (9 milhões), os atacantes Vinícius Júnior (45 milhões), Felipe Vizeu (5 milhões) e agora o meia Lucas Paquetá (35 milhões + bônus).

 

Vizeu, Vinícius Júnior e Paquetá foram negociados pelo Fla – Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

 

Outros pratas da casa já chamam atenção de clubes europeus, principalmente o zagueiro Léo Duarte e o centroavante Lincoln.

 

LEIA TAMBÉM:
Flamengo sonda, mas valores dificultam negociação com Ricardo Goulart
Renato Gaúcho é o nome preferido dos candidato à presidência do Flamengo; entenda
Preparador brasileiro se destaca no exterior e lembra parceria com Maradona: ‘ser humano incrível’
Ex-Corinthians, zagueiro se destaca na Europa e não descarta volta ao Brasil

Foto: Divulgação 

Curtiu essa matéria? Siga o jornalista no Twitter: Allan Abi Madi – @Allanmadi

Siga também no Facebook: Allan Abi Madi