Skip to content

Dono do Leicester morto em queda de helicóptero é homenageado antes de jogo; assista

novembro 3, 2018

Morto em trágico acidente aéreo no último sábado (27),  Vichai Srivaddhanaprabha, dono do Leicester-ING, recebe uma linda homenagem, na tarde deste sábado (3), antes da bola rolar entre Cardiff x Leicester, pela 11º rodada do Campeonato Inglês 2018/2019.

Os jogadores de ambos os times, o juiz da partida e até os bandeirinhas se posicionaram no círculo central do Cardiff City Stadium e foram às lágrimas enquanto os nomes das cinco vitimas da queda do helicóptero no estádio King Power Stadium, no último final de semana, eram anunciados.

Na sequência, houve um minuto de silêncio em que contou com a colaboração das torcidas de Cardiff e Leicester. Ao fim, Srivaddhanaprabha recebeu fortes aplausos e teve o nome cantado pelos Foxes.

A torcida do Leicester, inclusive, compareceu ao jogo com bandeiras da Tailândia, camisas com fotos de Srivaddhanaprabha estampadas e cartazes com as palavras “The Boss” (o chefe).

O tailandês Vichai Srivaddhanaprabha comprou o clube inglês, em 2010, por 40 milhões de euros, tirou a equipe da segunda divisão e levou os Foxes à épica conquista da Premier League na temporada 2015/2016.

Ele era muito querido por todos os moradores em Leicester por ter escolhido a cidade para investir parte de sua fortuna avaliada em R$ 10 bilhões.

ASSISTA AO VÍDEO DA HOMENAGEM A VICHAI SRIVADDHANAPRABHA:

O TRÁGICO ACIDENTE

Após o empate por 1 a 1 entre Leicester e West Ham, no último final de semana, Vichai Srivaddhanaprabha, de 60 anos, pegou um helicóptero no centro do gramado do King Power Stadium com direção uma de suas residências.

A aeronave decolou entre 20h30 e 20h45 do horário local – 16h30 e 16h45 de Brasília – , mas teve problemas com a hélice traseira e caiu no estacionamento ao lado.

Além de Vichai Srivaddhanaprabha, morreram no acidente o piloto Eric Swaffer, a co-pilota e mulher de Eric Swaffer, Izabela Roza Lechowicz, e dois membros da equipe de Vichai: Nursara Suknamai e Kaveporn Punpare.

O dirigente, que também era dono do grupo varejista tailandês King Power, era casado e deixou quatro filhos, entre eles um dos vice-presidentes do Leicester, Aiyawatt Srivaddhanaprabha.