Skip to content

Artilheiro no exterior, Geraldo sonha alto e revela time que gostaria de jogar no Brasil

novembro 6, 2018

O brasileiro Geraldo se transferiu nesta temporada para o Al Sahel, da Arábia Saudita. O atacante tem sido um dos grandes destaques da temporada, sendo o atual artilheiro da Liga local.

Em entrevista EXCLUSIVA para o Rede Bom Dia, Geraldo falou sobre seu bom momento, admitiu sondagens, e revelou o por qual time brasileiro ele gostaria de atuar. Confira:

REDE BOM DIA: Como está sendo sua temporada pelo Al Sahel?

GERALDO: Início promissor e de muito trabalho. Quando cheguei aqui, já imaginava ter dificuldades, mas também sabia que se focasse em trabalhar forte meu melhor condicionamento físico e técnico, as coisas iriam fluir bem.

REDE BOM DIA: Você começou o ano como a torcida desejava: marcando gols e brigando pela artilharia do campeonato. Você trabalha com meta de gols por temporada?

GERALDO: Sempre coloco metas, mas não deixo de pensar também jogo a jogo, para saber o que posso almejar. Fiz 6 gols em 7 jogos na pré-temporada. Na Liga, já são 5 gols em 3 jogos. O mais importante é que tenho ajudado a nossa equipe, que está com 100% de aproveitamento. Então, minha meta é clara: ser campeão e artilheiro.

REDE BOM DIA: Quais as pretensões do Al Sahel na temporada?

GERALDO: Antes de começar a Liga, percebi que o time acreditava em uma boa campanha. Com o passar dos jogos, mostramos que nosso time é muito forte e unido. Aumentaram o investimento e agora não se fala em outra coisa se não o acesso e a conquista do título. Todos os jogadores estão focados e com os pés no chão.

 

Geraldo em ação por mais um jogo da temporada – Foto: Divulgação

 

REDE BOM DIA: Quais as maiores dificuldades para um brasileiro se adaptar na Arábia Saudita?

GERALDO: É uma cultura totalmente diferente, país fechado, porém com pessoas muito receptivas. Os árabes me trataram de uma forma que nem eu mesmo imaginava. São muito simpáticos. Temos poucas opções de lazer e poucas folgas. Minha vida aqui se resume mais em ir treinar e jogar. Quase sempre saio para comer fora, ir no shopping. Esse é o meu lazer.

REDE BOM DIA: Você é um jogador experiente, que acumula passagens por Bangu, Sampaio Corrêa, Treze, XV de Piracicaba, Corumbaense entre outros. Qual seu grande objetivo na carreira?

GERALDO: Eu já vivi muitas coisas no meio do futebol, já realizei alguns sonhos também. Mas como sonhar é de graça… eu penso ainda em jogar uma Copa do Mundo, mesmo que não seja pela Seleção Brasileira.

REDE BOM DIA: Pretende retornar ao futebol brasileiro ou continuar no exterior?

GERALDO: Não penso em retornar ao Brasil de imediato. Estou feliz aqui, tenho sido muito valorizado. Tenho propostas para permanecer no país. Voltar agora para o Brasil não é prioridade.

REDE BOM DIA: Consegue acompanhar os jogos dos times brasileiros?

GERALDO: Acompanho sempre que posso. O fuso horário daqui nos coloca 6 horas na frente do Brasil. Jogos de meio de semana são mais complicados, já que no Brasil é de noite e aqui está amanhecendo.

REDE BOM DIA: Recebeu alguma proposta ou sondagem para o próximo ano?

GERALDO: Recebi sondagens sim. Como estou tendo boas atuações e  também tenho feito gols… acho que venho chamando bastante atenção, Graças a Deus!

REDE BOM DIA: Tem vontade de atuar por algum clube brasileiro em especial?

GERALDO: Tenho muita vontade de vestir a camisa do Vasco. Espero que ainda possa realizar esse desejo.

LEIA TAMBÉM:
Renato Gaúcho é o nome preferido dos candidato à presidência do Flamengo; entenda
Ex-Corinthians, zagueiro se destaca na Europa e não descarta volta ao Brasil
Preparador brasileiro se destaca no exterior e lembra parceria com Maradona: ‘ser humano incrível’
Fã de Iniesta, Ronaldo supera lesão e quer ajudar o Flamengo na reta final do Brasileirão

Foto: Divulgação 

Curtiu essa matéria? Siga o jornalista no Twitter: Allan Abi Madi – @Allanmadi