Skip to content

Renato Gaúcho busca sexta final pelo Grêmio

outubro 30, 2018

O Grêmio de Renato Gaúcho entra em campo nesta quarta-feira pelo jogo de volta da Libertadores diante do River Plate. Com a vantagem de jogar pelo empates, já que venceu na Argentina por 1 a 0, o time pode alcançar a sexta final com o atual treinador. O retrospecto em competições mata-mata é altamente positivo: em nove delas desde sua recente passagem que começou no dia 21 de setembro de 2016, são quatro títulos e um vice-campeonato. No total de partidas nessas competições, são 45 jogos disputados (27 triunfos, 10 igualdades e oito reveses) com 64,7% de aproveitamento.

Em 2016, disputou a Copa do Brasil e venceu. Em sete duelos, somou três vitórias, três empates e uma derrota, com 57,1% de aproveitamento. No ano seguinte, foram cinco torneios de mata-mata e um troféu, o da Libertadores. Foram 21 partidas no total, com 14 triunfos, três empates e quatro reveses, com 71,4% de aproveitamento. Na atual temporada, a equipe de Renato Gaúcho disputou quatro campeonatos desse tipo e conquistou dois deles (Campeonato Gaúcho e Recopa Sul-Americana) com a possibilidade de mais um (o da atual Libertadores). Até aqui somou 66,6% de aproveitamento em 17 confrontos, com 10 vitórias, quatro empates e três derrotas.

Separando os duelos em casa e fora, os números como mandante chamam atenção: 13 vitórias, seis empates e apenas duas derrotas, com 71,4% de aproveitamento. Longe de seus domínios soma 61,5% de aproveitamento, com 13 triunfos, quatro igualdades e cinco reveses, com 65,1% de aproveitamento.

Desde 2016, o Grêmio eliminou 18 rivais diferentes: Veranópolis, Palmeiras, Pachuca, Lanús, Internacional, Independiente, Goiás, Godoy Cruz, Fluminense, Estudiantes, Cruzeiro, Brasil de Pelotas, Botafogo, Barcelona de Guayaquil, Avenida, Atlético-MG, Atlético Tucumán e Atlético-PR, este último por duas vezes. Cinco delas foram em disputa de penalidades: venceu o Atlético-PR, Independiente e Estudiantes e caiu para o Cruzeiro e Novo Hamburgo. Ainda foi eliminado pelo Cruzeiro em outra oportunidade no tempo normal, Real Madrid e para o Flamengo.

Títulos de Renato Gaúcho pelo Grêmio
Copa do Brasil de 2016
Copa Libertadores de 2017
Recopa Sul-Americana de 2018
Campeonato Gaúcho de 2018
Ele ainda foi vice-campeão do Campeonato Brasileiro de 2013 pelo clube gaúcho e vice do Mundial de Clubes de 2017.

Na carreira, ainda tem uma Copa do Brasil pelo Fluminense, em 2007, além de um vice da Libertadores de 2008. Em 2006, foi vice da Copa do Brasil pelo Vasco.