Skip to content

Régis, ex-São Paulo, admite uso de drogas, mas diz não ser viciado

outubro 18, 2018

Em entrevista por telefone ao Globoesporte.com, o lateral Régis, que teve o seu contrato rescindido com o São Paulo em outubro, declarou que fez uso de drogas e álcool, mas diz não ser viciado. Desde que saiu do clube, o jogador mora em Brasília, sua cidade natal.

– Houve um envolvimento [drogas], mas me colocaram como um dependente, usuário contínuo e como se não tivesse controle. Minha última temporada no São Bento mostra que não tive nenhum problema. Tenho buscado ficar mais próximo dos meus familiares, que são as pessoas que nos apoiam com sinceridade e transparência. São apenas essas pessoas que nos ajudam nesses momentos, que não nos determinam por alguns acontecimentos. Muitas coisas que estão sendo ditas são verdadeiras, outras não. Tenho passado por alguns problemas pessoais, que não vejo a necessidade de citá-los. Mas digo para as pessoas que me admiram e gostam do meu trabalho que fiquem tranquilos porque logo estarei de volta jogando futebol e fazendo do Régis uma referência positiva e não tudo isso que tem se colocado a meu respeito – disse o jogador.

Além disso, ele falou sobre a tentativa de invasão ao apartamento de um vizinho, na última segunda-feira. Pelo ato, Régis foi preso em flagrante e precisou assinar um termo circunstanciado para ser liberado. Uma condição de apresentação à justiça foi imposta, mas ainda sem data marcada.

– Falaram que eu queria invadir a casa das pessoas. Eu estava em um churrasco na minha casa, houve um desentendimento e, por conta da bagunça, a vizinha chamou a polícia. Só que eles foram agressivos demais, reagi e me agrediram, me jogando no chão e me prendendo por perturbação – defendeu-se Régis.

O lateral-direito, que atuou pro 15 partidas pelo São Paulo, confirmou que perdeu a chance de se firmar e construir uma carreira numa grande equipe por conta dos problemas pessoais e espera ter uma nova oportunidade – além do Tricolor, ele tem passagens por times como: Goiás, Paysandu, Ponte Preta, Botafogo, Guarani, Bahia e São Bento.

– Foi especial, cheguei ao São Paulo em um grande momento da carreira, fiz grandes jogos e pude mostrar meu potencial. O São Paulo me deu estrutura para resolver problemas fisiológicos e psicológicos, mas tive alguns problemas internos que causaram a minha saída. Foi a maior chance da minha carreira, sempre tive vontade de jogar em um grande clube e espero poder ter uma nova oportunidade.

Confira a mensagem de Régis na íntegra pelo Instagram

Bom galera, já a alguns dias eu estive pensando em escrever algumas palavras aqui para todos vcs. Já deveria ter feito isso a algumas semanas atrás qnd sai do São Paulo! Antes de Qlqr coisa q será falada aqui, não poderia deixar de agradecer ao São Paulo pelo suporte que me deu no período em que estive no clube! Porém algumas atitudes desrespeitosas q violaram e desrespeitaram minha imagem me deixaram muito decepcionado (Não da parte do clube) mas de pessoas q estão completamente envolvidos com o Futebol nacional que não tiveram o mínimo de respeito pela minha pessoa! Erros ocorreram? Sim ocorreram, mas isso não dá o direito de me exporem da maneira como foi feito e tem sido feito! Recentemente tbm tem saido coisas mentirosas como se eu fosse um crimisono, e disso nunca compactuei, pq sempre fui um atleta dedicado e profissional dentro de Qlqr clube q fui! Mas só resta lamentar e pedir que DEUS perdoe essas pessoas ruins! Agradeço a todos os torcedores e funcionários do São Paulo paulo pelo apoio, e que coisas boas possam vir e virão de hj em diante! Um grande abraço do Regis q sente muita saudade de estar no convívio dos meus companheiros tricolores! Um abraço