Skip to content

PSG 2×2 Napoli: time francês empata no fim com um belo gol de Di María; confira os gols, melhores momentos e detalhes do jogo

outubro 24, 2018

Primeiro tempo
Logo no primeiro minuto, Neymar ficou sentido dores na perna. O PSG chegou com perigo pelo lado direito com Mbappé, que rolou para dentro da área, o brasileiro chegou para bater, mas acabou sendo atrapalhado por Cavani, que chutou seu tornozelo esquerdo. Três minutos depois o camisa 10 voltou ao campo.

O time francês começou melhor no jogo e chegou a ataque novamente aos 6′, em chute de primeira de Cavani, de pé esquerdo, depois de lançamento de Neymar. A bola foi para fora. Os 15 primeiros minutos eram concentrados no sistema defensivo do time italiano, que não conseguia ter a bola.

O Napoli chegou com perigo pela primeira vez aos 16′, com Mertens, que dentro da pequena área perdeu gol sozinho. Mas o belga estava em posição irregular. No minuto seguinte, Cavani pelo lado esquerdo da área finalizou de canhota para boa defesa de Ospina.

Os visitantes igualaram as ações a partir daí. Tinham mais posse de bola e o PSG não chegava ao ataque com tanta frequência. Aos 23′, Mário Rui cruzou da esquerda e Mertens finalizou no travessão de Areola. No minuto seguinte, Callejón finalizou de fora da área pelo lado direito e o goleiro francês agarrou no canto esquerdo.

Insigne, aos 28′, abriu o placar. O italiano recebeu lindo passe de Callejón pelo lado direito e, dentro da área, tocou por cima na saída de Areola. Golaço.

O gol não fez com que o Napoli se segurasse mais no jogo, pelo contrário, a equipe buscava o segundo e o duelo ficava aberto e com rápida transições. Aos 37′, Neymar fez jogada pelo meio e acionou Mbappé pela direita da área, o francês finalizou e Ospina salvou com o pé.

Segundo tempo
O PSG começou pressionando o Napoli. A equipe voltou para o gramado com três zagueiro (Kehrer entrou na vaga do lateral-esquerdo Bernat) e Di María foi para a ala esquerda. Aos 4′, Neymar fez bela jogada pelo centro e finalizou da meia-lua, Ospina defendeu, mas deu o rebote nos pés de Cavani, que mandou à direita da meta, completamente sozinho na área. Entretanto, o uruguaio estava em impedimento. Dois minutos depois, Meunier mandou de cabeça para o gol e o goleiro napolitano fez boa intervenção.

Só dava PSG. Aos 12′, Cavani tabelou com Neymar e recebeu passe na frente, mas já dentro da grande área não conseguiu concluir e caiu pedindo pênalti. O juiz mandou o jogo seguir. Aos 15′, não teve jeito. Mbappé abriu para Meunier pela direita, o belga mandou para a área e o lateral-equerdo Mário Rui, de carrinho, mandou contra. 1 a 1 para explosão da torcida no Parque dos Príncipes.

Aos 22′, nas poucas chegas do time italiano, Mertens recebeu na entrada da área e bateu colocado buscando o canto esquerdo de Areola, mas a bola foi para fora. Depois disso,o ritmo do jogo deu uma diminuída e esfriou. Até que Mertens aproveitou sobra em chute de Fabián Ruiz, em que a bola bateu em Marquinhos, e dentro da área bateu no canto esquerdo. O goleiro do PSG nem pulou na bola. Lance de puro oportunismo e sorte. 2 a 1.

O time francês tentou a resposta imediata em falta cobrada por Neymar aos 36′, mas Ospina evitou o gol com uma excelente defesa. Dois minutos depois, o Napoli quase fez o terceiro em cabeçada de Mertens, depois de dividir com Areola. A bola bateu na rede, por cima do gol.

No apagar das luzes, aos 93′, Neymar puxou contra-ataque, tentou o passe para Mbappé, mas a bola acabou sobrando para Di María. O argentino, da entrada da área, bateu colocado, à sua maneira, no canto direito de Ospina para empatar. Fim de papo.

Classificação do grupo
Liverpool – 6
Napoli – 5
PSG – 4
Estrela Vermelha – 1

⚽ Gols: Insigne (28′), Rui (60′), Mertens (76′) e Di María (93′)
Cartões amarelo: Marquinhos, Draxler e Neymar (PSG); Mertens, Ospina, Maksimovic, Callejón e Mário Rui (Napoli)

PSG: Areola; Meunier, Marquinhos, Kimpembe e Bernat (Kehrer 46′); Verratti (Diaby 82′) e Rabiot; Mbappé, Neymar e Di María; Cavani (Draxler 75′). Técnico: Thomas Tuchel

Napoli: Ospina; Maksimovic, Albiol, Koulibaly e Mário Rui; Alan, Hamsik e Fabián Ruiz; Callejón (Rog 87′), Mertens (Milik 83′) e Insigne (Zielinski 53′). Técnico: Carlo Ancelotti

Assista abaixo aos melhores momentos da partida:

https://www.youtube.com/watch?v=YkaCMiQYKC4