Skip to content

Lopetegui alcançou marca negativa histórica pelo Real Madrid

outubro 30, 2018

O Real Madrid sofreu uma impiedosa goleada para o maior rival Barcelona por 5 a 1, no Camp Nou, no último domingo. Como consequência, o treinador Julen Lopetegui foi demitido do cargo de treinador, após conviver com enorme pressão pelo seu rendimento à frente da equipe. O revés para os culés foi a gota d’água, portanto. O espanhol ficou apenas por 11 semanas como comandante dos merengues, menor período de um técnico em toda a história do clube.

Como resultado, o time tem o pior início de La Liga desde 2002: nono lugar em 10 rodadas contra a 11ª colocação na 12ª jornada de 2001/02 com Vicente Del Bosque de treinador. Atualmente são sete pontos de diferença para o líder Barcelona (21 a 14), a equipe de Madrid nunca foi campeão ao final da competição com essa desvantagem em alguma rodada. Além disso, são quatro derrotas seguidas como visitante na temporada – para o Sevilla (3 a 0), CSKA (1 a 0), Alavés (1 a 0) e Barcelona (5 a 1), o que não acontecia desde fevereiro de 2002, também com Del Bosque.

Desde que Lopetegui chegou ao Real Madrid, depois que ele foi demitido do cargo de selecionador da Espanha dois dias antes da Copa do Mundo se iniciar, os seus números foram: seis vitórias, dois empates e seis derrotas. De contraponto, pela seleção nacional ele chegou a ficar 20 partidas consecutivas sem perder. Somente mais outros quatro técnicos tiveram seis reveses nos seus 14 primeiros compromissos pelo time merengue: Arthur Johnson (três triunfos, quatro igualdades e sete derrotas, entre 1910 e 1915), José Quirante (6-2-6, em 1929), Michael Keeping (5-3-6 em 1948) e Luis Molowny (7-0-7 em 1974).

Um dos principais jogadores do Real Madrid, o zagueiro Sergio Ramos declarou em entrevista a seguinte frase que pode definir como deve ser um eventual técnico do time: “Para ser treinador do Real Madrid, é mais importante dominar e controlar o vestiário do que ter muitos conhecimentos táticos e técnicos”.

A rádio Onda Cero, da Espanha, afirmou que o próximo técnico será o italiano Antonio Conte, sem clube desde o início da temporada. Sua última equipe foi o Chelsea, o qual foi demitido. Ele ainda tem passagens por Sienna, Arezzo, Bari, Atalanta e Juventus, todos da Itália, além de comandar a seleção de seu país. Como principais títulos, possui: três Serie A (2011/12, 2012/13 e 2013/14), duas Supercopa da Itália (2012 e 2013), uma Premier League (2016/17) e uma Copa da Inglaterra (2017/2018).

Lopetegui pelo Real Madrid
Real Madrid 2×4 Atlético de Madrid
Real Madrid 2×0 Getafe
Girona 1×4 Real Madrid
Real Madrid 4×1 Leganés
Athletic Bilbao 1×1 Real Madrid
Real Madrid 3×0 Roma
Real Madrid 1×0 Espanyol
Sevilla 3×0 Real Madrid
Real Madrid 0x0 Atlético de Madrid
CSKA 1×0 Real Madrid
Alavés 1×0 Real Madrid
Real Madrid 1×2 Levante
Real Madrid 2×1 Viktoria Plzen
Barcelona 5×1 Real Madrid