Skip to content

Lateral-esquerdo Léo interessa a dois clubes para 2019

outubro 15, 2018

Na reta final da temporada 2018, as equipes já começam a se planejar para o ano que vem. Especulações sobre saídas e reforços de jogadores são costumeiros nesta época do ano. E o destino de um jogador já começa a ser debatido nos bastidores. O lateral-esquerdo Léo, que pertence ao Fluminense e está emprestado ao Bahia, interessa a São Paulo e Grêmio. As informações são do jornalista Jorge Nicola.

Os dois clubes já iniciaram conversas com o empresário do atleta de 22 anos, Gerson Oldenburg. Este, inclusive, postou em suas redes sociais uma foto com Raí, diretor-executivo, e Ricardo Rocha, coordenador do Tricolor Paulista com a legenda: “Dia de reunião com essas lendas do futebol. São Paulo projetando 2019. Seguem os trabalhos”. O encontro foi na última quinta-feira, no CT da Barra Funda.

Foto: Instagram do empresário Gerson Oldenburg

 

Na atua temporada, o Léo soma 52 partidas pelo Bahia. O Fluminense tem 80% de seus direitos econômicos. Vale lembrar que o clube carioca passa por momento complicado em suas finanças e se vê na condição de vender seus principais atletas – o atacante Pedro está entre eles – para angariar dinheiro para quitação de suas dívidas.

O atual elenco do Grêmio conta com três jogadores para a posição de lateral-esquerdo: Bruno Cortez, titular absoluto, Marcelo Oliveira, que em algumas ocasiões atuou de zagueiro na atual temporada, e Juninho Capixaba, que está emprestado pelo Corinthians até maio de 2019 (o clube em a opção de compra ao final do período) e fez boas exibições nas últimas vezes em que foi acionado.

No São Paulo, Reinaldo é titular da posição, com Edimar, que tem contrato até o final de 2019, mas conta com atuações inconstantes, sendo o reserva imediato. O volante/meia Liziero também pode atuar no setor em caso de necessidade. A ideia no clube é rejuvenescer o elenco para a próxima temporada.

Léo foi revelado pelo Fluminense em 2012 e até o ano passado era conhecido como Léo Pelé. A pedido próprio, pediu para que o segundo nome não fosse mais considerado. Foi relacionado ao elenco profissional do time carioca na reta final do Campeonato Brasileiro de 2013. Antes de ser emprestado ao Bahia, foi cedido ao Londrina, em 2016. Seu contrato com a equipe do Rio de Janeiro vai até o final de 2019.