Skip to content

Diego Aguirre faz alterações no São Paulo, que não vence há 41 dias

outubro 19, 2018

Em busca de melhor rendimento para voltar ao caminho das vitórias, o São Paulo vai ter mudanças para o seu próximo compromisso no Campeonato Brasileiro, que será diante do Atlético-PR, sábado, às 19h, no Murumbi, em duelo válido pela 30ª rodada. O treinador Diego Aguirre pode fazer duas modificações no time, sacando o volante Jucilei e o meia Nene. Tudo para voltar a somar os três pontos, o que não acontece há 41 dias, maior jejum da temporada – o último triunfo foi no dia 8 de setembro, diante do Bahia, por 1 a 0.

As modificações foram feitas no treino de quinta-feira. Na volância entrou Luan, que esteve em amistosos da seleção brasileira sub-20. E no lugar do camisa 10, Gonzalo Carneiro foi a alternativa testada. O Tricolor soma cinco partidas de jejum – empates contra Santos (0 a 0), América-MG (1 a 1), Botafogo (2 a 2) e derrotas para Palmeiras (2 a 0) e Internacional (3 a 1). A equipe, que começou o segundo turno na liderança caiu de rendimento e agora é a quarta colocada na tabela com 52 pontos, sete a menos que o líder Palmeiras.

Mas essas não serão as únicas mudanças. O lateral-direito Bruno Peres e o zagueiro Anderson Martins estão suspensos e devem ser substituídos por Araruna e Arboleda, respectivamente. Rodrigo Caio, que poderia ser improvisado na direita do setor defensivo não fez parte do treino tática de quinta-feira.

No gol, Jean será mantido, já que a comissão técnica pretende dar uma sequência ao jogador nesta reta final de temporada. Ele será avaliado para que seja decidido ou não a contratação de um novo atleta para a posição no ano de 2019. O meia Everton, tratando de um estiramento na coxa esquerda, segue fora. Sua ausência recente é tratada com uma das razões para a queda vertiginosa da equipe em seus últimos compromissos.

Vale frisar que o Atlético-PR é uma das quatro equipes que ainda não venceu atuando fora de casa nesta edição do Campeonato Brasileiro. São cinco empate e nove derrotas, com apenas cinco gols marcados e 18 sofridos – aproveitamento de 11,9%. Além do time paranaense, Vasco, Chapecoense e Paraná são as outras equipes que não somaram os três pontos jogando como visitante.

No Morumbi, o São Paulo tem a sétima melhor campanha, atrás de Flamengo, Internacional, Palmeiras, Atlético-PR, Atlético-MG e Grêmio. São nove triunfos, quatro igualdades e um revés, este para o Palmeiras, por 2 a 0. O time marcou 21 gols, sofreu 10 e tem 73.81% de aproveitamento.

Um provável time Tricolor teria: Jean; Araruna, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Hudson e Diego Souza; Rojas, Tréllez (Everton Felipe) e Gonzalo Carneiro.