Skip to content

Cruzeiro 1×1 Boca Juniors: Gols, Melhores Momentos E Detalhes Do Jogo

outubro 4, 2018

 

Logo no primeiro lance, com menos de 15 segundos, Arrascaeta arriscou chute para testar Rossi, goleiro reserva, mas ele encaixou bem a bola. A resposta do Boca Juniors veio aos 10′, em finalização de longe de Pablo Pérez em que Fábio espalmou para escanteio.

Thiago Neves, aos 12′, foi quem tentou de fora da área, mas mandou à direita da meta da equipe argentina. Aos 20′, Arrascaeta fez boa jogada pela esquerda, toca par Robinho, que deixa com Thiago Neves. O meia, dentro da área, chutou por cima do gol de Rossi.

Em falta cobrada de longe por Edílson, aos 23′, a bola subiu muito e foi para fora. O time argentino chegou com perigo aos 25′, em jogada de Villa pela direita, que deixou Egídio para trás e mandou rasteiro na área, mas ninguém conseguiu completar. Três minutos depois foi o Cruzeiro que chegou bem. Robinho cruzou de esquerda no lado direito e Arrascaeta quase conseguiu completar. Izquierdoz tirou na hora H.

O duelo era lá e cá. No minuto seguinte, Zárate fez invadiu a área pela esquerda e bateu com muito perigo. O lance seguiu, o time mineiro foi ao ataque, Egídio cruzou na área e Thiago Neves não conseguiu finalizar, sozinho.

Aos 40′, Lucas Silva soltou a bomba de longe com destino ao ângulo esquerdo de Rossi. O goleiro fez boa defesa e mandando a bola para escanteio. No último lance do primeiro tempo, Edílson cruzou na área e Barcos, depois de saída ruim do arqueiro do Boca Juniors, marcou. Entretanto, o juiz Andres Cunha marcou pé alto de Dedé na jogada e apitou irregularidade antes da bola chegar às redes.

A segunda etapa começou com o Cruzeiro com grande posse de bola, diante de um Boca Juniors fechado, só saindo em caso de contra-ataques. Aos 9′, Arrascaeta invadiu a área pelo meio e foi derrubado. O juiz deu pênalti, mas na sequência marcou impedimento de Barcos.

Três minutos depois o gol valeu. Thiago Neves cobrou escanteio da esquerda e a bola sobrou na pequena área para Sassá, que tinha acabado de entrar, mandar para o fundo das redes em seu primeiro toque na redonda na partida. 1 a 0. Festa e muito barulho no Mineirão.

Aos 18′, novo escanteio cobrado, agora pelo lado direito, Rossi saiu mais uma vez mal do gol e o zagueiro Léo mandou de cabeça para fora. A partida ficou concentrada no setor ofensivo da Raposa, os argentinos só se defendiam.

Aos 35′, Dedé fez falta em Pavón no meio-campo, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Três minutos depois o Boca Juniors mandou bola na trave com Ábila, depois de cobrança de falta de Gago pelo lado direito. O ex-jogador do Cruzeiro errou o gol estando debaixo da meta. Incrível.

Os mineiros perderam excelente oportunidade aos 42′. Edílson cruzou para Thiago Neves, o meia dividiu com  Rossi e a bola sobrou para Raniel que, sozinho, dominou mal e deu chance para o goleiro do time argentino afastar de carrinho. Aos 44′, Edílson mandou chute de fora da área, a bola desviou e passou muito perto da meta.

Aos 48′, o Boca Juniors empatou. Gago cobrou falta no campo defensivo, Ábila tocou de peito para Pavón e ele, já dentro da área, fez. No lance, o zagueiro Léo falhou. Final, 1 a 1. Os argentinos, classificados com 3 a 1 no placar agregado, encara o Palmeiras nas semifinais. Do outro lado da chave, Grêmio e River Plate se enfrentam. Pela primeira vez na história da Libertadores, apenas equipes do Brasil e da Argentina entre os quatro melhores.

? Ficha técnica

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 04 de Setembro de 2018
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Andres Cunha (Uruguai)
Auxiliar: Nicolás Tarán (Uruguai) e Maurício Espinosa (Uruguai). VAR: Leodán Gonzalez (Uruguai)
Público: 56.791
Renda: R$ 2.652.600,00

⚽ Gols: Sassá (58′) e Pavón (93′)
Cartões amarelo: Egídio, Rafael (do banco de reservas) e Dedé (Cruzeiro); Pablo Pérez e Pavón (Boca Juniors)
Cartões vermelho: Dedé (Cruzeiro)

Cruzeiro: Fábio, Edílson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Lucas Silva (Sassá 57′); Arrascaeta (Rafinha 77′), Thiago Neves e Robinho; Barcos (Raniel 65′). Técnico: Mano Menezes

Boca Juniors: Rossi; Buffarini, Izquierdoz, Magallán e Emmanuel Mas; Barrios, Nández e Pablo Pérez (Gago 73′); Villa (Cardona 86′), Zárate (Ábila 80′) e Pavón. Técnico: Guillermo Schelotto

Assista abaixo aos melhores momentos da partida:

https://www.youtube.com/watch?v=Oei8WmiT-mU