Skip to content

Confira o histórico do Superclássico das Américas

outubro 16, 2018

Nesta terça-feira, mais uma edição do Superclássico das Américas foi disputada. Em jogo na Arábia Saudita, o Brasil venceu a Argentina por 1 a 0, gol de Miranda aos 47 do segundo tempo. Foi a 12ª conquista da seleção. Os hermanos permanecem com cinco.

A primeira edição foi no ano de 1914. Ela era disputada de acordo com os interesses e calendário de ambas as seleções, tanto que a segunda edição foi apenas em 1922. O nome até então era de Copa Roca, em alusão ao ex-presidente argentino Julio Argentino Roca Paz. O maior período sem disputa foi de 1976 a 2011. Até 2012 somente jogadores de clubes nacionais poderiam atuar, por conta de que o duelo não acontecia em datas FIFA.

Confira todas as edições (de 1939 a 2012 o duelo era disputado em ida e volta. Em 1939, 1940 e 1945, uma vitória para cada lado seria necessário o terceiro jogo, que em caso de empate iria para o quarto até alguém obter vantagem)
1914 – Brasil 1×0 Argentina
1922 – Brasil 2×1 Argentina
1923 – Argentina 2×0 Brasil
1939 – Argentina 5×1 Brasil / Brasil 3×2 Argentina / Argentina 2×2 Brasil / Argentina 3×0 Brasil
1940 – Argentina 6×1 Brasil / Brasil 3×2 Argentina / Argentina 5×1 Brasil
1945 – Brasil 3×4 Argentina / Argentina 2×6 Brasil / Brasil 3×1 Argentina
1957 – Brasil 1×2 Argentina / Brasil 2×0 Argentina*
1960 – Brasil 2×4 Argentina / Brasil 4×1 Argentina   (Brasil foi campeão por ter feito mais gols)
1963 – Brasil 2×3 Argentina / Brasil 5×2 Argentina   (Brasil foi campeão por ter feito mais gols)
1971 – Brasil 1×1 Argentina / Argentina 2×2 Brasil    (empate nos dois jogos e na prorrogação do segundo fez com o que o título fosse dividido)
1976 – Brasil 2×1 Argentina / Brasil 2×0 Argentina
2011 – Brasil 0x0 Argentina / Brasil 2×0 Argentina
2012 – Brasil 2×1 Argentina / Argentina 2×1 Brasil – pênaltis: 4-3 Brasil
2014 – Brasil 2×0 Argentina
2017 – Argentina 1×0 Brasil
2018 – Brasil 1×0 Argentina

*(seria necessário um terceiro jogo, mas a Argentina tinha pressa para retornar ao seu país para o início do campeonato nacional. Assim, ficou decidido que seria disputado uma prorrogação para decidir o vencedor. Caso houvesse um novo empate, o atual detentor da taça ficaria com o troféu. A prorrogação terminou 0-0 e o Brasil ficou com o caneco)

Títulos
Brasil: 12 (1914, 1922, 1945, 1957, 1960, 1963, 1971, 1976, 2011, 2012, 2014 e 2018)
Argentina: 5 (1923, 1939, 1940, 1971 e 2017)

Sedes
1914 – Argentina
1922 – Brasil
1923 – Argentina
1939 – Brasil
1940 – Argentina
1945 – Brasil
1957 – Brasil
1960 – Argentina
1963 – Brasil
1971 – Argentina
1976 – Brasil e Argentina
2011 – Brasil e Argentina
2012 – Brasil e Argentina
2014 – China
2017 – Austrália
2018 – Arábia Saudita