Skip to content

Clube europeu acerta compra de Lucas Paquetá; jogador é a segunda maior venda do Flamengo e a sexta do futebol brasileiro

outubro 10, 2018

O PSG era o time na pole-position para contratar o meia Lucas Paquetá, do Flamengo, mas perdeu a briga para o Milan na última terça-feira. Na madrugada (horário de Brasília) foi anunciada a compra do jogador pelo clube italiano por 35 milhões de reais (cerca de R$ 151 milhões) + bônus por metas atingidas (este valor não foi revelado). A informação foi dada primeiramente pelo Canal Rafla Mengo e confirmada pelo Globoesporte.com. Será a segunda maior venda do Rubro-Negro, atrás apenas de Vinícius Júnior, que foi para o Real Madrid por 45 milhões de euros (cerca de R$ 165 milhões), e a sexta do futebol brasileiro. Confira a lista do top-10 ao final da matéria).

Nesta semana, representantes da equipe da Velha Bota chegam ao Brasil para finalizar as negociações. O PSG – que contava com com lobby de Neymar pela compra do jovem de 21 anos – ofereceu valor parecido, mas a forma como os italianos conduziram as conversas – feitas pelo ex-jogador do Rubro-Negro e atual diretor do clube Leonardo – e a chance de atuar com mais regularidade foram determinantes para a escolha.

Na manhã desta quarta-feira, Lucas Paquetá vai passar por exames médicos – numa clínica na zona oeste do Rio de Janeiro –  para que, posteriormente, a transferência seja oficializada. Vale destacar que o jogador vestirá a camisa do Milan, caso seja aprovado em tudo, somente em janeiro.

O valor do negócio é inferior à sua cláusula de rescisão, que é de R$ 50 milhões de euros. Além dos dois clubes já citados, o Barcelona foi outro a manifestar interesse no jogador na janela de transferências de verão. Pelo Flamengo, Lucas Paquetá fez sua estreia nos profissionais no começo de 2016, depois de ser um dos destaque na Copa São Paulo, ano em que a equipe foi campeã da competição. Soma 88 jogos e 17 gols pela equipe carioca – tem no máximo mais 10 partidas (as restantes do Campeonato Brasileiro) para atuar pelo time.

Top-10 das vendas mais caras do futebol brasileiro

1 – Neymar (do Santos para o Barcelona por 86 milhões de euros)

2 – Vinicius Júnior (do Flamengo para o Real Madrid por 45 milhões de euros)

2 – Rodrygo (do Santos para o Real Madrid por 45 milhões de euros)

4 – Lucas Moura (do São Paulo para o PSG por 43 milhões de euros)

5 – Arthur (do Grêmio para o Barcelona por 40 milhões de euros)

6 – Lucas Paquetá (do Flamengo para o Milan por 35 milhões de euros)

7 – Gabriel Jesus (do Palmeiras para o Manchester City por 32,75 milhões de euros)

8 – Oscar (do Internacional para o Chelsea por 31,9 milhões de euros)

9 – Denílson (do São Paulo para o Betis por 31,5 milhões de euros)

10 – Gabriel Barbosa (do Santos para a Inter de Milão por 29,5 milhões de euros)