Skip to content

CBF confirma amistoso contra Uruguai e busca novo rival para fechar calendário 2018

outubro 9, 2018

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) confirmou nesta terça-feira (9) que a Seleção Brasileira disputará jogo amistoso contra o Uruguai, em novembro, em Londres-ING. A entidade máxima do futebol brasileiro, no entanto, ainda busca um segundo adversário para fechar o calendário de 2018.

A dificuldade em achar outro rival de bom nível para encarar a Seleção Brasileira se dá pela criação da Liga das Nações, torneio da UEFA para ser disputado por suas filiadas nas datas Fifa, e que obriga a CBF a buscar seleções de segundo escalão – caso acontecido contra El Salvador e Estados Unidos – para desafiar a equipe de Tite.

Assim, o duelo contra os uruguaios, no dia 16 de novembro, às 17h (horário de Brasília), no Emirates Stadium, em Londres, marcará o segundo duelo sul-americano seguido da equipe brasileira na temporada.

De acordo com o coordenador de seleções Edu Gaspar, o amistoso contra o rival sul-americano confirma a proposta definida pela comissão técnica de ir aumentando progressivamente a dificuldade dos jogos e dá fim as críticas de torcida e imprensa de que a Seleção estava jogando contra ‘ninguém’.

Como planejamos desde o início do novo ciclo, chegamos a uma reta final no período de observações, do ciclo a curto prazo. Acredito que após enfrentar a Argentina, um amistoso com o Uruguai está dentro da nossa ideia de observação e preparação. São dois clássicos sul-americanos com um nível de enfrentamento muito alto“, explicou.

Atualmente, a Seleção Brasileira está em Londres finalizando preparativos para enfrentar em jogos amistosos as seleções de Arábia Saudita, no dia 12, e Argentina, no dia 16 de outubro. Ambos os jogos acontecerão em solo saudita.

O amistoso contra o Uruguai, em Londres, trará um sentimento especial a Edu Gaspar. Ele retornará ao estádio do Arsenal, clube que defendeu entre 2001 e 2005, agora como coordenador da Seleção pentacampeã mundial.

Lembro com muito carinho e muita alegria do meu período no Arsenal. Um clube e uma cidade que me trouxeram muitas experiências positivas e muito aprendizado. Estou ansioso por esse reencontro em uma partida de altíssimo nível“, concluiu o dirigente.