Skip to content

Atlético-MG anuncia saída de Thiago Larghi do posto de treinador

outubro 17, 2018

O Atlético-MG informou, na noite desta quarta-feira (17), a saída de Thiago Larghi do comando técnico. Após oito meses no cargo de treinador do Galo, ele não suportou a pressão pela instabilidade da equipe mineira na reta final do Campeonato Brasileiro e acabou dispensado devido o risco de perda de uma das vagas na Libertadores 2019.

Em breve comunicado via redes sociais, o Atlético-MG confirmou a saída de Larghi e agradeceu o empenho no período em que esteve à frente da equipe. “Thiago Larghi não é mais técnico do Atlético. Agradecemos ao treinador o empenho e a dedicação nesse período em que comandou a equipe“, publicou o perfil oficial do Atlético-MG.

Em oito meses de trabalho, o treinador treinou o Galo em 49 partidas, conquistou 23 vitórias, 12 empates e 14 derrotas. A equipe mineira sob seu comando fez  74 gols e sofreu 46.

PERDA DO ESTADUAL E ELIMINAÇÕES PESARAM CONTRA

O treinador de 37 anos entrou na vaga de Oswaldo de Oliveira como técnico interino, em fevereiro, levou o Atlético-MG à final do Campeonato Mineiro, mas acabou perdendo para o rival Cruzeiro depois de sair vencedor da partida de ida.

Com trabalho bem avaliado e o Galo apresentando bom futebol, ele foi mantido, emplacou bons resultados no Brasileirão e chegou a ser efetivado no cargo de treinador em meio ao Mundial da Rússia. O trabalho, porém, foi prejudicado devido a saída de seis jogadores – Róger Guedes; o atacante Otero, o zagueiro Bremer, o volante Arouca e o goleiro Giovanni – e a falta de resposta positiva das peças de reposição.

Além da perda do estadual para o maior rival, o time mineiro caiu na Copa Sul-Americana para o San Lorenzo-ARG, em meio a polêmica de escalar equipe reserva, e da Copa do Brasil nos pênaltis para a Chapecoense.

PROVÁVEL SUBSTITUTO CONHECIDO

Tudo indica que o técnico Levir Culpi seja o terceiro treinador do Atlético-MG nesta temporada. Segundo o jornal O Tempo, o presidente do Galo, Sette Câmara, se reuniram com o técnico nesta quarta-feira (17), em Curitiba.

Caso a negociação seja concretizada, Levir fará a sua quinta passagem pelo Galo. Na última passagem, entre 2014 e 2015, ele conquistou a Recopa Sul-Americana e Copa do Brasil, ambos em 2014, e o vice-campeonato Brasileiro de 2015.

Com a saída de Larghi, o Campeonato Brasileiro 2018 chega a marca de 25 trocas no comando técnico em 29 rodadas. Dos 20 clubes, apenas São Paulo, Grêmio, Cruzeiro e Internacional mantiveram Diego Aguirre, Renato Gaúcho, Mano Menezes e Odair Hellmann, respectivamente, no comando técnico.

VEJA LISTA DE TODOS OS TREINADORES DO BRASILEIRÃO 2018:

América-MG: Enderson Moreira – Ricardo Drubscky – Adilson Batista
Atlético-MG: Thiago Larghi – ainda não definiu
Atlético-PR: Fernando Diniz – Tiago Nunes
Bahia: Guto Ferreira – Enderson Moreira
Botafogo: Alberto Valentim – Marcos Paquetá – Zé Ricardo
Ceará: Marcelo Chamusca – Jorginho – Lisca
Chapecoense: Gilson Kleina – Guto Ferreira – Claudinei Oliveira
Corinthians: Fabio Carille – Osmar Loss – Jair Ventura
Cruzeiro: Mano Menezes
Flamengo: Maurício Barbieri – Dorival Junior
Fluminense: Abel Braga – Marcelo Oliveira
Grêmio: Renato Gaúcho
Internacional: Odair Hellmann
Palmeiras: Roger Machado – Felipão
Paraná: Rogério Micale – Claudinei Oliveira – Dado Cavalcantti
Santos: Jair Ventura – Cuca
São Paulo: Diego Aguirre
Sport: Nelsinho Baptista – Claudinei Oliveira – Eduardo Baptista – Milton Mendes
Vasco: Zé Ricardo – Jorginho – Alberto Valentim
Vitória: Vagner Mancini – Paulo César Carpegiani