Skip to content

Atacante do River Plate ironiza Grêmio nas redes sociais: “Mão de Deus”

outubro 31, 2018

Autor do primeiro gol do River Plate na vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio, no jogo de volta da semifinal da Copa Libertadores, Rafael Borré foi notícia pelas câmeras de TV terem flagrado que a bola resvalou em sua mão antes de entrar na meta de Marcelo Grohe e ironizou o ‘fato curioso’ em suas redes sociais.

Em publicação em seu perfil no Instagram, o atacante colombiano comemorou a classificação dos argentinos à final da Libertadores e fez uma referência ao histórico gol de mão de Maradona sobre a Inglaterra, nas quartas de final da Copa do Mundo de 1986.

Vamos time, todos juntos. Da mão de Deus“, publicou Rafael Borré, como legenda de fotos que mostram os jogadores do River celebrando a virada sobre o Grêmio. O atacante ainda usou emojis com as cores do River.

VEJA A PUBLICAÇÃO DO ATACANTE NAS REDES SOCIAIS:

View this post on Instagram

Vamos equipo, todos juntos⚪️❤️⚪️? De la mano de Dios????

A post shared by Rafael Borré?? (@rafaelsantosborre) on

ASSISTA AO VÍDEO COMPLETO DO GOL DE BORRÉ;

Com a vitória sobre o Grêmio, o River Plate é o primeiro finalista da Libertadores 2018 e aguarda o adversário da decisão sair do duelo entre Palmeiras x Boca Juniors.

Ficha Técnica
Grêmio 1 x 2 River Plate

Local: Estádio da Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Data:  30 de Outubro de 2018, terça-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Assistentes: Nicolas Taran (URU) e Richard Trinidad (URU)
VAR: Leodan González (principal), auxiliado por Estebean Ostojich e Richard Trinidad (todos do Uruguai)
Renda: R$ 4.477.119,50
Público Total: 53.571
Cartão amarelo: Paulo Miranda, Cortez, Bressan, Cícero (Grêmio)Enzo Pérez, Pinola (River Plate).
Cartão vermelho: Bressan (Grêmio).

GOL:
Grêmio: Leonardo Gomes, aos 35 minutos do primeiro tempo.
River Plate: Borré, aos 36 minutos, e Pity Martinez, aos 49 minutos do segundo tempo.

Grêmio: Grohe; Leonardo Gomes, Geromel, Paulo Miranda (Bressan) e Cortez; Michel, Maicon(Everton), Cícero, Ramiro e Alisson; Jael (Thaciano).
Técnico: Renato Portaluppi

River Plate: Armani, G. Montiel, Maidana, Pinola e Casco, Ponzio (Enzo Pérez),  Palacios, Fernández (Pity Martínez), Quintero (Scocco), L. Pratto e Borré.
Técnico: Marcelo Gallardo