Skip to content

Assista ao gol e melhores momentos da vitória do Grêmio sobre o River Plate

outubro 23, 2018

A primeira chegada do River Plate, que contava com o estádio lotado, foi aos 8′, em cruzamento fechado de Palacios pela esquerda que foi parar nas mãos do goleiro Marcelo Grohe. A postura do Grêmio na partida fazia com que o time argentino não conseguisse se impor na sua casa.

Aos 11′, Borré recebeu na frente de Scoco e, pelo lado esquerdo da área, dividiu bola com o lateral-direito Leonardo e caiu pedindo pênalti, mas o juiz mandou o jogo seguir. Aos 17′, Palacios cruzou fechado, Marcelo Grohe foi agarrar, mas soltou e se recuperou depois.

O Grêmio chegou bem aos 19′, em cabeçada de Geromel depois de cobrança de falta de Alisson. A bola foi no centro do gol para defesa tranquila de Armani. O time gaúcho teve mais uma boa investida aos 24′, em chute de longe de Cícero em que Armani mandou a bola para escanteio, no centro do gol.

Palacios, o melhor do River Plate no primeiro tempo, arriscou de fora da área e deu trabalho a Marcelo Grohe, que teve que cair no canto direito e espalmar para escanteio, aos 30′. O goleiro voltou a aparecer com uma excelente intervenção aos 39′ em finalização de Pitty Martínez.

A torcida e os jogadores do time argentino pediram pênalti aos 43′ ao acharem que a bola bateu no braço de Kannemann, mas o toque no peito foi claro. O lance seguiu. Fim do primeiro tempo.

O zagueiro Maidana subiu sozinho na área aos 4′ depois de cobrança de escanteio de Quintero, na primeira chegada perigosa da segunda etapa, e mandou por cima do gol de Marcelo Grohe. Em pleno Monumental de Nuñez, o Grêmio abriu o placar aos 16′, com o volante Michel, que aproveitou cobrança de escanteio de Alisson e completou de cabeça no primeiro pau.

Com a desvantagem, o River Plate tentava se impor, mas a equipe brasileira se postava bem dentro de campo e não dava chances ao rival de exercer uma pressão. Tanto que quem chegava com mais perigo era o Grêmio, que aos 33′ quase fez o segundo com Leonardo, que aproveitou o rebote de falta cobrada na barreira de Jael e, da meia-lua, finalizou à direita do gol de Armani, com muito perigo.

A última chance do empate foi aos 48′ em cobrança de falta de Quintero em que Marcelo Grohe espalmou para escanteio. Final de jogo. O Tricolor Gaúcho vence o River Plate pela terceira vez seguida no Monumental de Nuñez (antes havia triunfado em 2001 e 2002). A partida de volta acontece na próxima terça-feira, às 21h45, na Arena do Grêmio.

? Ficha técnica

Local: Estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires
Data: 23 de Outubro (terça-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Victor Carrillo (Peru)
Assistentes: Jonny Bossio (Peru) e Victor Raez (Peru)
VAR: Leodan González (principal), auxiliado por Estebean Ostojich e Richard Trinidad (todos do Uruguai)

⚽ Gols: Michel (61′)
Cartões amarelo: Borré, Pinola, Ponzio e Maidana (River Plate); Alisson, Michel e Kannemann (Grêmio)

River Plate: Armani; Montiel, Maidana, Pinola e Casco; Ponzio (Enzo Pérez 75′), Palacios (Ignacio Fernández 66′) e Quintero; Borré, Pitty Martínez e Scocco (Lucas Pratto 57′).Técnico: Marcelo Gallardo

Grêmio: Marcelo Grohe; Leonardo, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel e Maicon; Ramiro (Thaciano 88′), Cícero e Alisson; Jael (Thonny Anderson 81′). Técnico: Renato Gaúcho

Assista abaixo aos melhores momentos da partida:

https://www.youtube.com/watch?v=KAanjgUKAxI