Diego Alves posta esclarecimento após desobedecer ordens da diretoria

Goleiro afirmou que nunca foi proibido de frequentar o clube seja qual for o horário

Divulgação
0

As polêmicas com o goleiro Diego Alves não param. Após se recusar a viajar e brigar com o técnico Dorival Junior, o atleta teria desobedecido ordens da diretoria nesta sexta-feira.

Segundo a repórter Gabriela Moreira, da ESPN, a direção rubro-negra orientou Diego Alves a ir ao clube apenas no período da tarde para treinar separado. No entanto, o goleiro apareceu para treinar também de manhã, com os demais companheiros.

O goleiro foi a público se defender. Em suas redes sociais, postou um esclarecimento que, segundo ele, nunca desobedeceu seus superiores. Leia a mensagem na íntegra:

“Em toda minha trajetória profissional sempre zelei pela verdade e pelo respeito. Assim, com relação a matéria jornalística que imputa à mim desobediência, informo que NÃO DESOBEDECI qualquer ordem dos meus Superiores, pois nunca fui comunicado pelo clube do caráter proibitivo de qualquer Atleta comparecer ao Centro de Treinamento, seja quando do horário do treinamento da Equipe ou para realizar tratamento médico. Informo que a minha ida ao Flamengo hoje (02/11), nos dois turnos foi para tratamento médico da minha lesão e para preservação da minha condição física. Espero muito em breve estar recuperado e à disposição da Comissão Técnica”.

O goleiro segue em tratamento da lesão na coxa, porém não deve atuar mais com a camisa do Flamengo. O clube espera o fim da temporada para negociá-lo e está esperançoso em que alguém pague a multa rescisória do atleta.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.