Skip to content

Marina Silva publica pronunciamento e declara apoio a Fernando Haddad

outubro 22, 2018

A ex-candidata à presidência da República, Marina Silva (REDE), publicou hoje, 22, em seu perfil oficial do Facebook, um pronunciamento onde declara apoio a Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições. Segundo Marina, ela dará um voto critico e fará oposição democrática ao candidato petista.

“Darei um voto crítico e farei oposição democrática a uma pessoa que, “pelo menos” e ainda bem, não prega a extinção dos direitos dos índios, a discriminação das minorias, a repressão aos movimentos, o aviltamento ainda maior das mulheres, negros e pobres, o fim da base legal e das estruturas da proteção ambiental, que é o professor Fernando Haddad”, afirmou Marina.

Em sua declaração, a ex-senadora fez críticas ao candidato do PSL, Jair Bolsonaro, afirmando que os filiados ao partido Rede Sustentabilidade foram orientados a não votarem no candidato do PSL, que segundo ela,  prega a discriminação das minorias e a repressão dos movimentos sociais.

“Neste segundo turno a Rede Sustentabilidade já recomendou a seus filiados e simpatizantes que não votem em Bolsonaro, pelo perigo que sua campanha anuncia contra a democracia, o meio-ambiente, os direitos civis e o respeito à diversidade existente em nossa sociedade’’, enfatizou Marina”, enfatizou a ex-candidata.

Porém, apesar do apoio declarado a Fernando Haddad, Marina Silva também criticou o Partido dos trabalhadores (PT), afirmando que seus dirigentes construíram um projeto de poder pelo poder sem a disposição para a alternância democrática de governo.

“Escondem e não assumem os graves prejuízos causados pela sua prática política predatória, sustentada pela falta de ética e pela corrupção que a Operação Lava-Jato revelou, além de uma visão da economia que está na origem dessa grave crise econômica e social que o país enfrenta”, disse Marina Silva.

O segundo turno das eleições acontece no próximo domingo, 28 de outubro.