Skip to content

IPTU: Quem não pagar vai ficar com nome sujo na praça

abril 3, 2019
iptu

Contribuintes que estão com o pagamento de IPTU, ISS, ITBI e outros tributos municipais em atraso podem acabar com o nome inscrito no Serasa e em outros órgãos de proteção ao crédito. A partir do próximo mês, a Procuradoria-Geral do Município começará a enviar certidões de cobrança para o Cartório de Protestos. Depois disso, o contribuinte terá três dias úteis para quitar a dívida ou negociar o pagamento com a prefeitura.

A previsão é que sejam enviadas 30 mil certidões até maio — um mesmo contribuinte pode responder por mais de uma inscrição. O primeiro lote, em fevereiro, terá 8 mil cobranças. Nesta primeira etapa, elas serão apenas de débitos de IPTU deixados em aberto até 2016. A maior parte das inscrições inadimplentes fica na região da Barra e do Recreio.

NOVA PARCELA IPTU

Por sua vez, os carnês do IPTU de 2019 já começaram a ser distribuídos. Os contribuintes que pagaram mais imposto no ano passado por conta da revisão das regras de cobrança arcarão com a segunda parcela do aumento (50%). Além disso, o IPTU será corrigido pela inflação em 3,86%. A cota única (com desconto de 7%) vence no dia 7 de fevereiro. Essa é a mesma data de vencimento da primeira cota para os que optarem por pagar parcelado em até dez vezes.