Skip to content

Carro Voador da Embraer é apresentado nos Estados Unidos

maio 9, 2018
carro voador embraer uber

Um novo conceito de carro voador que está sendo desenvolvida pela Embraer X para a Uber, foi apresentada nos Estados Unidos nesta última terça-feira, dia 08 de maio. A fabricante brasileira de aeronaves apresentou em Los Angeles, o primeiro conceito de veículo elétrico de decolagem, algo que vem sendo desenvolvido desde o mês de abril de 2017.

O veículo batizado como “carro voador” é um modelo com decolagem e pouso vertical. Ele fará parte da frota de tráfego aéreo do Uber. O veículo recebe a sigla de eVTOL e a estimativa é de que os testes comecem já em 2020, para futuras operações em 2023. Este protótipo foi apresentado em uma feira que ocorre na Califórnia, conhecida como Uber Elevate 2018, mas ele não começou a ser montado.

Equipes de desenvolvimento estão trabalhando a todo vapor nas sedes de Boston (Flórida), no Vale do Silício e também na cidade de São José dos Campos, lar da sede brasileira da Embraer. Outras empresas que também estão envolvidas no projeto são a Aurora Flight Sciences, uma divisão de tecnologia e avanços na aviação da Boeing, a Bell, empresa que fabrica helicópteros e a Pipistrel, uma fabricante de aviões elétricos.

Como será a autonomia do carro voador?

O projeto do veículo da Embraer X deverá ter uma autonomia média de 100km para cada carga de suas baterias. A velocidade média será de 200 a 250 km/h. A altitude do veículo ainda deverá ser estudada, mas a princípio ela deverá ser acima da altura média dos edifícios da cidade em que o serviço estiver disponível e abaixo das rotas de aeronaves.

A princípio o conceito de “táxi voador” irá levar quatro passageiros e um piloto. Mas a ideia é de que com os avanços na tecnologia autônoma, o carro também possa efetuar suas rotas sem a necessidade do piloto. Tudo de uma maneira bem inteligente e principalmente segura, afinal estaremos falando de veículos sobrevoando casas e pessoas.

O veículo do futuro

É claro que os carros “convencionais” estarão presentes em nossas vidas por um longo tempo ainda, mas as alternativas de mobilidade urbana e com o interesse voltado para a melhoria do ambiente, com menos emissão de poluentes, já é algo que vem a anos sendo estudado.

Este contrato que foi feito entre a Embraer e a empresa de transportes Uber é uma prova da necessidade de criação de uma nova malha de veículos, rotas e plataformas. E o céu é o caminho, afinal os grandes centros contam com cada vez mais carros e cada vez menos mobilidade.

Neste novo sistema, a Uber pretende criar diversos pontos de embarque e desembarque de passageiros, com o objetivo de oferecer um preço acessível e que tenha a capacidade de abranger uma boa quantidade de pessoas ao redor do mundo.

A Uber conta também com uma área de desenvolvimento, que por sinal já está bem avançada, com relação aos carros autônomos. A expectativa é de que nos próximos anos, seus serviços possam ser oferecidos sem a necessidade de um motorista para efetuar a “corrida”. O que trás rotas mais seguras e inteligentes.