Skip to content

Pandemia: e-commerces se fortalecem com isolamento

setembro 28, 2020

A rápida expansão do Coronavírus foi uma surpresa para muitos negócios. Sem planejamento e com operações engessadas, as empresas tiveram que se reinventar para não fechar as portas e manter as vendas, mesmo em um período em que grande parte da população permaneceu em casa. 

Nesse cenário, especialmente desafiador para varejistas com lojas físicas, e-commerces tiveram a oportunidade de expandir suas vendas online e, até mesmo, conquistar novos públicos.

No entanto, em muitos casos, a disposição das pessoas em comprar pela internet, encontrou uma barreira: a falta de preparo de muitas lojas virtuais para atender a demanda. Nesse contexto, e-commerces que não tiveram medo de se adaptar para atender aos clientes saíram ganhando. Não só conquistaram novos consumidores como fidelizaram ainda mais os antigos. 

Esse foi o caso da INVICTUS, marca de vestuário e equipamentos táticos com sede em Palhoça (SC). A empresa não se deixou abater pelo novo momento e apostou em estratégias como a diversificação do seu público, adaptação dos canais e cuidado redobrado com outros stakeholders, como fornecedores e parceiros. 

Flexibilidade faz a diferença

Com mais de 1.500 pontos de venda distribuídos pelo Brasil e faturamento de R$ 52 milhões em 2019, a INVICTUS soube se adaptar ao cenário e atuou rapidamente no desenvolvimento de ações específicas para o momento sem precedentes.

Uma das estratégias adotadas pela marca, que vende produtos diversificados, incluindo mochilas táticas, peças de vestuário e acessórios, foi investir na aproximação do consumidor final por meio da sua loja virtual.  

Mesmo com a mudança de cenário em 2020, a INVICTUS continua tendo como público principal as multimarcas que revendem seus produtos. Mas isso não impediu a empresa de expandir a atuação junto ao  cliente final nesse momento de isolamento social, em que o número de pessoas interessadas em comprar online cresceu de forma substancial.

Os resultados não tardaram a aparecer. A empresa de SC registrou aumento da vendas de 7% para 14% para esse público. Por mais que os consumidores tenham inegavelmente mudado seus hábitos, trocando a voltinha no shopping pela navegação online, a boa performance não teria sido possível se a empresa não tivesse feito um investimento em sua presença digital antes da pandemia da COVID-19.

Por ter um e-commerce consolidado e preparado para atender ao aumento da demanda, tanto em termos de estoque quanto de logística, a INVICTUS não teve dificuldades em vender para os clientes que buscaram adquirir seus produtos táticos sem passar por intermediários.

Parceiros têm ações especiais

Os bons resultados alcançados pela marca de produtos táticos não foram frutos apenas de saber aproveitar oportunidades. A INVICTUS também atuou ativamente no apoio de seus parceiros, principalmente os de porte menor.

Entre as ações que foram implementadas com esse foco estão a extensão do prazo de pagamento para lojistas, descontos para pedidos à vista e flexibilização da política de preços nas multimarcas que comercializam seus produtos.

A estratégia não tardou a mostrar bons resultados. Em maio, um dos meses mais desafiadores da pandemia, o faturamento da INVICTUS teve crescimento de 24% em relação ao mesmo período em 2019. Já a loja virtual cresceu aproximadamente 200% comparado ao momento que antecedeu à chegada do Coronavírus.

Aproveitar as oportunidades que surgem durante os períodos de crise, se reinventar para atender às novas demandas do mercado e entender a importância de apoiar parceiros e fornecedores fazem parte da receita de sucesso para cenários desafiadores. Saber flexibilizar é preciso.