Skip to content

Novos valores dos benefícios do INSS são anunciados pelo Governo Federal

julho 2, 2018

Os valores dos benefícios do INSS bem como as contribuições mensais, sofreram reajustes nesse ano.

Em fevereiro, os aposentados da Previdência passaram a receber o benefício com reajuste. Para os contribuintes a favor para a aposentadoria, também precisam verificar os novos valores de pagamento.

É necessário fazer a prova de vida no INSS para não ter o benefício suspenso. Cerca de seis milhões de aposentados e pensionistas ainda não realizaram o recadastramento.

Valor de reajuste

A partir do dia primeiro de janeiro desse ano, os segurados da Previdência que recebem acima do valor do salário mínimo, terão um reajuste de 2,07%.

Essa porcentagem é proporcional para quem começou a receber o benefício a menos de doze meses, desde janeiro de 2017, e finalizando em dezembro do ano passado em 0,26%.

Aposentadorias, contribuição das empregadas domésticas eoutros

As aposentadorias e pensão por morte, não deverão ultrapassar o valor do salário mínimo, que é de 954 reais.

O novo teto do INSS passou a ser de 5.645,80 reais, ou seja, ninguém poderá receber a mais do que o modelo fixado. Esses valores são válidos também para a contribuição da Previdência Social.

Para empregadas domésticas, trabalhadores formais ou avulsos, deverão contribuir com alíquota de 8 a 11%, acima do salário mínimo recebido.

Para o trabalhador autônomo, a contribuição é de 20% ao mês subsequente a prestação de serviço. Aqueles que recebem salário menor que o mínimo, pode fazer a contribuição de 8% em caráter complementar.

Antes de fazer pagamentos retrocedentes ao INSS, deve-se abrir um processo junto à Previdência para saber se os valores recebidos serão aceitos e computados para a aposentadoria do contribuinte.

O primeiro passo é saber quando irá se aposentar, e fazer uma simulação de quanto irá receber. Depois disso será feita a média das contribuições e planejar as que serão pagas até a aposentadoria.

A partir do resultado obtido, o contribuinte poderá aumentar ou diminuir o valor do pagamento ao INSS.

Mais informações podem ser conferidas no site da Previdência Social:https://www.inss.gov.br/, ou na agência física.

Desde setembro do ano passado, a aposentadoria por idade é concedida de forma automática, ou seja, sem a necessidade de ir a uma agência do INSS.

Em breve, outros serviços caminham para serem realizados da mesma forma, como aposentadorias por tempo de contribuição e salários-maternidade, pois ainda precisam ser feitos por requerimento na Previdência.

São 35 anos de contribuição para aposentadoria dos homens, e 35 anos para aposentadoria das mulheres, pelas novas regras. Os contribuintes em dia com todas elas, passarão a receber o benefício automaticamente, sem a necessidade de ir ao INSS.

Segundo a Previdência Social, 500 comunicados de aposentadorias foram feitos, sendo 200 de aposentadorias por idade, urbanas e de forma automática. Já os 300 segurados restantes, ainda não deram andamento ao chamado recebido.

O INSS prometeu lançar um simulador de tempo de contribuição, para indicar ao segurado se ele pode se aposentar ou quanto tempo falta para tal.